CEPON ganha nova ambulância UTI Móvel e inaugura tomógrafo computadorizado

A ambulância foi adquirida com recursos destinados pelo MPT

Florianópolis - O Centro de Pesquisas Oncológicas Dr. Alfredo Daura Jorge (CEPON) inaugurou na terça-feira (27), novos equipamentos para qualificar o atendimento aos pacientes do SUS. Durante um ato, em Florianópolis, foi realizada a entrega de uma nova ambulância – UTI Móvel e a inauguração do novo Tomógrafo Computadorizado da unidade.

Os recursos usados na compra da ambulância são oriundos da atuação do Ministério Público do Trabalho de Santa Catarina (MPT-SC), em despacho assinado pela Procuradora do Trabalho Luciana Teles Gomes. A nova viatura vai garantir mais segurança e conforto para o transporte de pacientes do CEPON que precisam realizar exames de avaliação diagnóstica em outras unidades hospitalares, além de remover pessoas em tratamento que fazem parte do Programa de Internação Domiciliar (PID) da unidade.

Continue Lendo

Imprimir

SISC/Reconecta reúne autoridades, instituições e empregadores para promover a inclusão de pessoas com deficiência e reabilitados no mercado de trabalho

Ponto alto do evento, marcado por depoimentos emocionantes e uma feira para divulgar candidatos a uma vaga, foi a palestra da fundadora da Talento Incluir, Carolina Ignarra

Florianópolis - A participação dos organizadores da Semana Inclusiva Santa Catarina no RECONECTA – evento nacional do Ministério Público do Trabalho transmitido ao vivo para todo o Brasil, reuniu autoridades, instituições e empregadores da Grande Florianópolis, na terça-feira (20), nos auditórios do Ministério Público Federal e do MPT para uma oportunidade única de integração e promoção da inclusão de pessoas com deficiência e reabilitados do INSS no mercado de trabalho.

Continue Lendo

Imprimir

Jovens de escolas públicas de Santa Catarina têm a chance de se tornar futuros empreendedores

Cursos de formação serão ministrados a partir de um acordo da JUCESC com o MPT

Florianópolis - A Junta Comercial do Estado de Santa Catarina assinou dois termos de conciliação na justiça do Trabalho, após descumprir sentença de uma ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT-SC) em 2011 e o trâmite de recursos em tribunais superiores, devido a contratação de colaboradores terceirizados em setores voltados à atividade-fim da Autarquia. Pelo primeiro dos acordos, a JUCESC terá que contratar empresas de educação e capacitação para realizar oficinas que estimulem o empreendedorismo e promovam o desenvolvimento pessoal e profissional de jovens e adolescentes em situação de vulnerabilidade, despertando neles o pensamento empreendedor por meio de cursos e/ou seminários na modalidade presencial, com orientação técnica, material de apoio e certificação de conclusão aos alunos.

Continue Lendo

Imprimir